Notícia



O que você deve analisar para escolher o financiamento ideal?

24/05/2019 - 11:26 - Fonte: Credipronto

 

Da mesma forma com que a empresa financeira analisará os seus dados para garantir que você tem as condições adequadas para ser um cliente, você também precisa avaliar o cenário econômico e mercadológico para decidir qual é o melhor financiamento disponível para o seu perfil.

Nesse momento, é interessante pensar com a cabeça de um empresário. Nenhum negócio bem-sucedido recorre a compras ou empréstimos sem fazer uma exaustiva pesquisa antes.

É isso o que você precisa fazer no momento de comprar a sua casa, terreno ou apartamento: pesquisar muito para ter certeza de que está tomando a melhor atitude financeira possível. Vamos ver algumas dicas sobre esse tema.

1. Estabilidade profissional

Como andam as notícias a respeito da empresa em que você trabalha? Em alguns casos, as conversas de corredores dão indícios de que os gestores podem tomar atitudes importantes, como cortar postos de trabalho.

Esse tipo de informação deve ser avaliada como um indicador de risco para o seu financiamento. Existe algum prazo para que a empresa comunique algo aos funcionários? Um novo diretor vai tomar posse? Se sim, vale a pena aguardar essas mudanças ocorrerem.

2. Variação salarial

Esse tópico é muito importante para quem trabalha como autônomo ou recebe comissões. Não faça o cálculo de financiamento de imóveis considerando os seus melhores resultados.

Esses ganhos são diretamente influenciados por questões que fogem do seu controle, como o bom desempenho de um produto no mercado ou o crescimento de determinado segmento.

É melhor fazer simulações levando em conta apenas o capital com o qual você tem certeza que poderá contar.

3. Uso de simulações

Algumas pessoas subestimam ferramentas como os simuladores de crédito, achando que eles são pouco precisos. Não são. Na economia, a previsão de cenários é muito importante. Se você já assistiu a um boletim econômico com o mínimo de atenção deve ter percebido isso.

Ao ter acesso a dados que mostrarão como a sua renda familiar será impactada pelo financiamento, será mais fácil (e seguro) definir o valor correto. De modo contrário, o comprador estará tomando suas decisões apenas em achismos.

4. Reserva financeira

Manter uma reserva financeira é necessário em qualquer momento da vida. Quando uma pessoa faz o cálculo de financiamento de imóveis, ela pode perceber que será necessário reduzir o valor aplicado na Poupança ou outros investimentos.

O ideal é cortar gastos, mas nunca deixar de poupar, por menor que seja o valor depositado. Despesas emergenciais, relacionadas a gastos com saúde ou desafios profissionais podem ser contornados com tranquilidade se o indivíduo tiver, pelo menos, o valor equivalente a seis meses dos seus gastos mensais aplicado.

Nesse caso, não só as parcelas do financiamento serão pagas com tranquilidade, como o comprador terá clareza mental para decidir seus próximos passos.

Como vimos, o cálculo de financiamento de imóveis é um tema muito importante. Por isso, pesquise, converse com as pessoas que você ama e evite tomar decisões precipitadas.




Newsletter

Receba nossas últimas novidades!